skip to Main Content

Ilha de Delos

Segundo a Mitologia, Zeus, que era um mulherengo incorrigível, engravidou Leto, que com medo da ira da esposa ciumentíssima dele, Hera, buscou refúgio nesta ilha eternamente escondida por brumas, para dar à luz a seus dois filhos, Apolo e Artemis, a deusa da caça. Quando Hera descobriu mais esta infidelidade do marido, aliou-se a deusa do nascimento para que esta prolongasse, por 9 dias, as dores do parto da sua rival. Quando as crianças finalmente nasceram, a neblina que cobria a ilha desapareceu e o nome do lugar mudou de Adelos (invisível) para Delos (visível). fotos de Delos:

A lenda fez com que a ilha se tornasse um local de peregrinação e, antes de tomar qualquer decisão importante, muitos guerreiros e governantes iam primeiro a Delos, para consultar o seu oráculo sagrado. Em 1873, quando arqueólogos franceses começaram as escavações, desenterraram uma cidade completa, rica, elegante e influente, que um dia lá existiu. As ruínas trouxeram à tona terraços, templos, portos, mercados, ginásios, um teatro, praças e imponentes residências. As casas possuíam belas colunas de mármore e o chão era adornado por ricos mosaicos, que resistiram ao tempo e às intempéries! Este incrível museu a céu aberto foi tombado pela UNESCO, como Patrimônio da Humanidade, em 1990″. Título mais que merecido!

Hoje, além das ruínas, há na ilha um interessante museu, uma lanchonete e uma loja. Não é permitido pernoitar, nem mesmo ficar em embarcações nas imediações da costa da ilha, após as 15:00 horas. Os trabalhos dos arqueólogos seguem em frente, alimentando os museu e a nossa imaginação, com pedaços dessa milenar História e  preciosidade e belos mosaicos e esculturas, entre os quais os famosos leões de mármore esculpidos há 2.600 anos. O lugar  é também um dos sítios arqueológicos gregos mais importantes. Sua aura sagrada se reflete até no nome das Cíclades: as ilhas foram batizadas assim porque se posicionam em círculo ao redor de Delos. Está lá também um importante oráculo sagrado, o que faz da ilha um fascinante local de peregrinação.

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top